Páginas

Visitas - Let It Be...

sábado, 9 de julho de 2011

Até tento rir de tudo, mas as peças que o amor me prega não tem nenhuma graça.

Preciso receber boas vibrações. Andei caindo do cavalo outra vez.
Talvez isso passe, não sei quando. Talvez seja só uma fase, das mais dificeis que atravessei, mas até passar estarei me desgastando, me consumindo. Também não adianta pedir ajuda a ninguém, ninguém pode dar. Não sei se quero descansar por estar realmente cansada ou se quero descansar para desistir. Tenho impressão que a vida, as coisas foram me levando. Levando em frente, levando embora, levando aos trancos, de qualquer jeito. Na minha memória, você ocupa um dos lugares mais bonitos... A gente teve uma hora que parecia que ia dar certo. Ia dar, ia dar, sabe quando vai dar? Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas. Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz. E então não repetir nenhum comportamento. Ser nova!

Nenhum comentário:

Postar um comentário