Páginas

Visitas - Let It Be...

domingo, 17 de julho de 2011

Eu não quero que seja pra sempre, nem que seja o certo. Só quero que seja.

Também, se não for, vou continuar sendo assim, chegada em romances curtos e instantâneos que me atrasam para sempre. Agora eu quero me apaixonar, sério, to abrindo meu coração para novas expectativas. E pra dar certo coloquei no espelho do meu quarto um bilhete dizendo: "Só não posso me apegar." Eaí, dá certo... Porque amar eu não amo mais não. Amor é uma injustiça, minha filha. Uma monstruosidade. Você mentirá várias vezes que nunca amará ele de novo e sempre amará, absolutamente porque não tem nenhum controle sobre o amor. Não vou tentar, não vou insistir, não vou mais jogar, já me cansei. Meu desapego agora, é meu sossego. Eu só quero ser feliz e viver tranquila. Eu só quero fazer minhas coisas da melhor maneira possível e ter um moço bonzinho que me leve pra ver o pôr-do-sol no fim de tarde...

Nenhum comentário:

Postar um comentário