Páginas

Visitas - Let It Be...

quinta-feira, 1 de setembro de 2011


- Amar é perigoso.

- Sei disso. Já amei antes. – Respondi. Amar é como uma droga. No começo vem a sensação eufórica, de total entrega. Depois, no dia seguinte, você quer mais. Ainda não se viciou, mas gostou da sensação e aaaacha que pode mantê-la sob controle. Pensa na pessoa amada durante 2 minutos e esquece por 3 horas. Mas aos poucos, você se acostuma com aquela pessoa, e vai dependendo dela a cada dia. Então pensa nela por 3 horas e esquece por 2 minutos. Se ela não está perto, você experimenta as mesmas sensações que os viciados têm quando não conseguem a droga. Porque do mesmo jeito que os viciados roubam e se humilham, pra conseguir o que precisam, você está disposto a fazer qualquer coisa pelo amor.

- E como fazemos pra esquecer alguém? Ela me perguntou.

Quase disse que esquecíamos com o tempo, mas resolvi ser sincera, pelo menos dessa vez.
- Não sei. Ainda não o esqueci.

Nenhum comentário:

Postar um comentário