Páginas

Visitas - Let It Be...

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Acho que estou apaixonada. Espero que isso saia com banho de sal grosso.

Hoje fui ao cardiologista, era retorno. Ele disse que agora sim, meu coração foi examinado, foi posto a prova e está dentro da normalidade. Isto é, pronto pra guerra (outra vez). “Eu já posso me apaixonar?” – perguntei, sorrindo. “Ué? E se você já não está, não entendo o porque de tanto nervosismo, de tanta ansiedade.” Saindo de lá, fui trabalhar, e no carro fiquei pensando: “puts, será que essa cilada de paixão, está me rondando outra vez? Ô coração, já te falei, toma cuidado desse mal eu já provei, vê se não se amarra!” De que adianta eu me entregar se nem sempre dura. Nem sempre é eterno. E precisamos lidar com isso. Nem que seja na marra. Nem que tenha que engolir o choro e de vez em quando. Nem que a gente tenha que fingir que está tudo bem. Não tenho mais nenhum plano incrível para me aproximar dele. Talvez o velho truque do esbarrão no corredor e a queda de todos os livros funcione, ou talvez isso seja só coisa de cinema. Ele quer sentir o frio na barriga, o nervoso pra saber se ela vai atender ou não. Não seja fácil, minha filha. Dessa vez, eu só me dou de bandeja depois que ele estiver comendo na minha mão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário