Páginas

Visitas - Let It Be...

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

E você acorda todos os dias, na esperança que algumas coisas se resolvam.

—Ser substituída dói né? Eu sei como é. Eu me prendi a um sentimento e foi difícil me libertar. Vai saber o que ele tem. Nem ele sabe, mas tem.
— E você disse adeus? — perguntou.
— Disse. Depois de tantas tentativas. Era o que me restava né?
— Mas… E ele?
— Ah, fez nada não. Me deixou escapar. Se ele tivesse sido esperto, mas não...
— Isso não dói?
— A gente acostuma. Passa vinte e dois dias sem chorar, depois passa uns oito com a cara inchada. Todo mundo vai embora, alguns mais cedo, outros mais tarde… E alguns voltam. O duro é o nosso reencontro. Ele mexe comigo, esse garoto, sempre!
— Ele te deixou alguma marca? que não dá pra tirar?
— O cheiro. Percebi que decorei o cheiro dele. Por Deus, que pessoa normal decora cheiros?

Nenhum comentário:

Postar um comentário