Páginas

Visitas - Let It Be...

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Mania de esperar que as coisas sejam dum jeito determinado, por isso a gente se decepciona e sofre.


Acho que quem está de fora não pode condenar, condenar simplesmente é desprezível. É preciso compreender! Não se pode julgar o que se passa dentro do outro. Há razões para as pessoas serem como são. Cada cicatriz interior deveria ser motivo de orgulho. Esses nerds que decoram numa boa as fórmulas de física, essas donas de casa que sabem trilhões de receitas gostosas, esses motoristas que não tem dificuldade de fazer baliza são fichinhas perto de quem já amou e teve seu coração dilacerado. Amar, escuta bem isso, amar é a pior loucura que alguém pode cometer. Não tem volta, mermão! Quem tem sorte é sortero, porque a gente tropeça tanto tentando conquistar o outro. Você sabe que vai ser sempre assim. Que essa queda não é a última. Mas depois do pior, só é possível melhorar. O dia que você se aceitar, as coisas fluêm. Daí, penso também outra coisa: não adianta muito você se enfeitar todo pra uma pessoa gostar mais de você. Porque, se ela gostar, vai gostar de qualquer jeito, do jeito que você é mesmo, sem brilhos falsos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário