Páginas

Visitas - Let It Be...

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Quando a gente guarda a alegria, ela diminui. Quando a gente guarda a dor, ela aumenta.


Se desdobra para arrumar a bagunça dos outros. E dela, quem vai cuidar? Era tão novinha, mas já sentia tanto. Inevitavelmente o coração pedia por entrega, fechava os olhos e não media as consequências.
Não adianta eu me sentir a pessoa mais fria do mundo só pelo fato de não ter um amor porque não ter um amor não é nada demais quando você é inteiramente feita de amor. São apenas emoções, são a minha transparência. E a gente se olha e não sabe se vai ou se fica. Queria que você gostasse de mim por mim. Então eu imaginava você vindo, ah como eu te imaginava!É só isso que nos une sabe? A lembrança.  
Aí você chega, tão lindo. E vai embora, tão feio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário