Páginas

Visitas - Let It Be...

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sonho parece verdade quando a gente esquece de acordar. Queria acordar, mas dessa vez não era sonho.



Eu gosto da conquista, de ter a sensação de domínio, quem não gosta? E quando eu tenho, passo a querer outra coisa, passo a enjoar, passo a desprezar o que consegui com tanto sacrifício. Mas dessa vez, deu erro. Ele me deixou com um gostinho de "quero mais." Meu Deus, que cilada é essa hein? Não é preciso me iludir pra eu ser iludida. Sei criar labirintos sozinha.  Até já tentei ser diferente, por medo de doer, mas não tem jeito: só consigo ser igual a mim. Mas a esperança é sempre mais teimosa do que eu. Não sei se foi bom ou se foi ruim. Tô perdidinha! Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. Muita. Todo dia. Tanta coisa acontece com a gente. Tanta gente passa pela gente, mas tão pouca gente realmente fica. E tudo indica que ele vai ser só mais um, ou melhor dizendo, que eu vou ser só mais uma. Mas no fim das contas posso dizer: não se preocupe comigo, eu sou feliz. Como? Fé, essa é a palavra chave! Tem uma frase que é assim:"Quem não tem pra onde ir, embarca." Entendeu? O que vier, é lucro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário