Páginas

Visitas - Let It Be...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Violento mesmo é o amor, o resto é só cara de mal.

Se acostumar com as idas e vindas não é pra qualquer um. Band-aid não cura tudo e borracha alguma apaga essas histórias. Tem que doer, tem que fazer falta. Viver é isso: morrer aqui, renascer ali, sabe-se lá onde. “Tudo o que é passageiro é uma ilusão que vem nos incomodar.” Tem coisa que não volta, por mais que a gente queira. Você pode até tentar voltar o disco, repetir a música, insistir na letra, cantar o mesmo refrão por mil e um minutos, fechar os olhos. Tem sentimento que não volta. Mesmo que você se esforce, recorde, tente voltar a página, refrescar o coração. Alguns sentimentos são bem pontuais: chegam, esperam pra ver se devem ficar e decidem partir ou continuar. Let it be! Tão lindo quando a gente se deixa florir. Tão bom quando o sorriso vem sem mais nem porque, só pela simples necessidade de sorrir. Tudo se torna tão mais fácil quando nos deixamos levar por essa maré de acreditar que tudo vai melhorar.

2 comentários:

  1. lindeza seu blog flor...to seguindo aki! beijosssss

    ResponderExcluir
  2. Sempre achei que a gente tem que sangrar, de vez em quando. É o que faz com que as cicatrizes que ficam, sejam encobertas de significado. E beleza, se assim a gente acreditar.

    Eu vi uma esperança resplandecer em cada letra sua. Me fez sorrir, do lado de cá. :*
    Mil beijos, flor.

    ResponderExcluir