Páginas

Visitas - Let It Be...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Eu gostei de mim e da vida como não gostava há muito tempo...

E me pego sorrindo, sozinha. E me pego nem aí para todo o resto.
E eu dormi finalmente sem precisar saber onde você estava e no que você estava pensando.
Parei de me boicotar. Tava na hora de eu mudar o rumo. Cortei o cabelo, comprei roupa nova, fui o caminho inteiro me dizendo “Agora você é uma mulher, comporte-se como tal” e orando a Deus para que ao menos dessa vez me ajudasse a controlar o queixo que sempre tremia. Conversei com a minha mãe e no final das contas , ela é quem divide comigo o ódio que sinto de tudo o que dá errado na vida. De tudo o que é chato. Ela dá risada e concorda: não tem mesmo homem a sua altura, minha filha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário